Não beije os bebês! 3 doenças MUITO graves podem ser transmitidas pelo ato Deixe um comentário

Os bebês precisam receber afeto e proteção, mas é necessário ter cautela na hora de dar carinho, principalmente quando for dar beijos. Como o organismo do recém-nascido ainda está em formação, o pequeno pode contrair vírus, fungos e bactérias facilmente transmitidas pela saliva dos adultos.

Os pais e conhecidos podem beijar a criança, mas o ideal é que esse tipo de carinho seja dado na testa e nos pés, especialmente quando for feito por pessoas mais distantes e que não sabem se tiverem contato com bactérias e vírus recentemente.

Especialistas ainda afirmam que as mãos não devem ser beijadas, pois o bebê pode levar elas a boca. “O bebezinho recém-nascido tem a imunidade mais frágil e isso segue até os dois anos, quando ele vai ter o sistema imunológico todo formado e mais forte. Então, eles são mais vulneráveis a infecções mais graves”, explica a pediatra Dra. Carla Dall’Olio, coordenadora da emergência pediátrica do Hospital Barra D’or, do Rio de Janeiro.

Para evitar este tipo de contaminação é essencial que amigos e familiares mais distantes não beijem muito os pequenos, especialmente em regiões próximas à boca e mãos.

Doenças transmitidas pela saliva

Herpes

O bebê pode contrair a herpes através da saliva pelo contato com secreções contaminadas com o vírus. “Existe uma janela entre o tempo de contágio e a manifestação dos sintomas. Se hoje uma pessoa com lesão beijou um bebê, ele pode levar de uma a três semanas para manifestar. Por isso é até difícil identificar quem transmitiu”, explica Dra. Carla. A prevenção para a criança não pegar herpes é justamente evitar ficar pegando no rosto e as mãos do bebê.

Mononucleose

Conhecida como sapinho, tem como sintomas a febre, a inflamação dos gânglios do pescoço, axilas e virilha, dor de cabeça e dor de garganta. Transmitida através da saliva, espirro ou tosse, o diagnóstico pode ser feito através de exame de sangue, mas assim que você perceber algum dos sintomas, o ideal é procurar o médico.

Meningite Viral

A meningite inflama as meninges, as membranas que recobrem o cérebro. Os sintomas inicias são semelhantes a uma virose: febre, vômito e dor de cabeça. Porém, como é mais intensa, é importante procurar o médico assim que perceber os primeiros sinais. A doença não tem vacina, assim como o tipo bacteriano, então provavelmente será prescrito pelo especialista um antibiótico.

 

Fonte: Vix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Minha ContaMinha Conta
0