Cortar carne vermelha por um mês provoca mudança gigante no organismo, diz estudo

Cortar carne vermelha por um mês provoca mudança gigante no organismo, diz estudo Deixe um comentário

Cortar carne vermelha por um mês provoca mudança gigante no organismo, diz estudo

É sabido que consumir grandes quantidades de carnes vermelhas e gordurosas não faz bem à saúde, principalmente à parte cardiovascular do corpo. O ideal é ter uma dieta equilibrada e não consumir carne vermelha todos os dias.

Agora, uma pesquisa feita por cientistas da Cleveland Clinic Center for Microbiome and Human Health, nos Estados Unidos, descobriu que deixar de comer carne vermelha durante apenas um mês já reduz drasticamente as chances de ter morte prematura por problemas cardíacos.

Cortar carne vermelha por um mês provoca mudança gigante no organismo, diz estudo
Cortar carne vermelha por um mês provoca mudança gigante no organismo, diz estudo

Carne vermelha e saúde cardiovascular

O estudo foi publicado no European Heart Journal e demonstra que compostos químicos, como o TMAO (N-óxido de trimetilamina), quando em altos níveis no sangue estão diretamente relacionado ao risco de AVC, ataque cardíaco e morte prematura.

A relação do TMAO com o consumo de carne vermelha está no fato dos níveis deste composto triplicarem após um mês de uma pessoa consumindo assiduamente este tipo de carne.

O estudo

A metodologia da pesquisa se valeu de acompanhar os planos de refeições com carnes vermelhas, carnes brancas e fontes de proteína vegetal de 113 pacientes. Assim, eles puderam comparar e observar as diferenças dos níveis de TMAO em dietas com e sem carne vermelha.

O resultado mostrou que as taxas do composto químico podem aumentar até 10 vezes em algumas pessoas que consumiam carne vermelha em relação às demais dietas.

Estes índices não se mostraram irreversíveis, no entanto. Ao mudar a dieta das pessoas, os níveis de TMAO no sangue e na urina começaram a cair consideravelmente. O que demonstra a rápida influência que a carne vermelha tem na saúde cardiovascular.

Contudo, veganos e vegetarianos que consomem bebidas energéticas e suplementos podem também ter seus níveis de TMAO consideravelmente aumentados por causa da carnitina, substância usada na produção destes alimentos.

 

Fonte: Vix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Minha ContaMinha Conta
0