O resgate da mamãe surtada

O resgate da mamãe surtada -

O resgate da mamãe surtada

 

No último post falei que mesmo após a loucura da maternidade continuamos tendo sonhos e desejos a realizar, objetivos a alcançar e uma vida inteira pra conquistar. A chegada de um filho muda tudo sim! Uma, no meu caso duas, pessoinhas tão pequenas, que de primeira já chegam com um cardápio variado de cuidados diários ao gosto do cliente. À medida que crescem demandam cada vez mais atenção, zelo e rotina por uma infinidade de fases que vão passando. As mães (sejam elas de sangue, alma, coração, criação, pães, etc.) possuem um papel fundamental na formação desses seres incríveis e eles confiam que estamos descomplicando suas vidinhas. Junto com o crescimento e desenvolvimento das crianças também surgem itens de uma lista infinita de afazeres que na maior parte das famílias é a mãe quem tem que se virar nos 30 para resolver tudo! Pediatra, vacinas, dentista, supermercado (ai se faltar comida em casa!), lanche pra semana toda, tarefas, trabalhos, apresentações da escola, balé, karatê, cortar as unhas (aqui em casa são 60!), cortar cabelo, fonoaudióloga, reforço escolar, fazer comida para 3 que comem totalmente diferente, levar no funcional kids, uma corridinha ali na emergência por causa de uma febre ou um tombinho básico. Sem contar com o trabalho, o serviço da casa e mais umas coisinhas que me esqueci pois faltou neurônios. Dá pra surtar, não acham?!

O resgate da mamãe surtada
O resgate da mamãe surtada

A gente surta, cai doente, fica com a cabeça a milhão, esquece das coisas, faz tudo na correria. E infelizmente, por mais que estejamos tentando fazer dar certo e os filhos ficarem felizes, são eles os mais atingidos por esse corre corre do caramba! Permitam-se olhar mais a fundo para suas crianças quando a vida está uma loucura e poderão vê-los numa crise de ansiedade inexplicável. Refletindo sobre esse transtorno causado por tantos compromissos inadiáveis e buscando levar uma vida mais leve e tranquila por mim e por eles, passei a praticar algumas ações e estou vendo que, aquele “lance de”resgatar a sua essência” faz todo sentido quando enxergamos que a maternidade não é romântica e o quanto precisamos parar de querer dar conta de tudo quando nem conseguimos respirar direito. E é isso que quero compartilhar com vocês:

 

ORAÇÃO

Pode parecer uma grande bobagem mas orar faz toda diferença. Costumo dizer que cada palavra que sai da sua boca é uma oração que foi feita. Não existe “o jeito certo”, mas o seu jeito. Não necessita de frases prontas ou palavras bonitas. Sendo com fé e sinceridade será perfeito aos olhos de Deus. E Deus é só um não importa qual você sirva. Ele é essa força que nos leva pra frente, para evolução, quando nos conectamos com a criação e somos gratos pela vida. Orar nos estimula a ser melhor, nos fortalece, abre nossas mentes ao desconhecido e necessário trazendo clareza quando tudo está um caos. E claro, não esqueçam de orar pelos vossos filhos. Abençoem a vida deles todos os dias!

 

MINDFULNESS (Meditação Atenção Plena)

Muito atual e praticada por pessoas que já passaram por doenças, síndromes do pânico, utilizada em funcionários de grandes empresas e até em crianças. Uma meditação que te coloca num estado de atenção plena ao momento presente, colocando foco na respiração e nos batimentos cardíacos, percebendo as reações do seu corpo, sem julgamentos, sem um destino a chegar, sem cobranças ou controle. Apenas observando o aqui e agora, e vendo seus anseios, medos, angústias, etc; se dissolverem trazendo consciência, alívio do estresse, ajudando a melhorar as capacidades mentais e, consequentemente, a produtividade no trabalho. E claro, paciência e serenidade no trato com os filhos! Existem muitos canais no Youtube com vídeos variados de práticas de Mindfulness. Para iniciantes, eu aconselho os de meditação guiada, onde alguém vai te dando os comando de ação para essa vivência ser mais proveitosa. Recomendo o canal do Fábio Lima que eu gosto bastante!

 

ORGANIZAÇÃO

Hoje em dia o que mais se ouve é o quanto se pode ser mais produtivo sendo organizado. E isso é totalmente verdade! Confesso que não sou lá muito organizada mas percebo que quando faço um roteiro pra semana, tudo flui melhor e não fico naquela panela de pressão de cumprir horários e prazos com o trabalho, a escola, a comida. Tenho várias agendas mas ainda não consegui me adaptar num planejamento diário porque é mais uma coisa pra fazer. Mas acordo beeem cedo e logo pela manhã vou pontuando tudo que precisará ser feito naquele dia e na semana. Começo com as prioridades e o que posso já vou resolvendo. O correto é não deixar pra depois. Aproveite enquanto as crianças dormem ou estão na escola e faça o quem tem de fazer!

 

Eu realmente espero que cada uma de vocês pratiquem essas ações resgatando o poder pessoal que ficou adormecido após o amor de mãe inundar cada célula dos vossos corpos. Vamos juntas criar essa corrente do bem ajudando a resgatar nossas amigas mamães que precisam de um help! E se quiserem dividir comigo como estão sendo as mudanças após essas práticas, me sigam lá nas redes sociais:

Instagram: @pensemae

Facebook: Pense Mãe

 

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
A vida não para

Enquanto o tempo acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora vou na valsa
A vida é tão rara

 

Estamos conectadas!

NICOLE PAES GÓMEZ DE VARGAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.