Dieta "anticortisol" controla o hormônio que acumula gordura: cardápio completo

Dieta “anticortisol” controla o hormônio que acumula gordura: cardápio completo 2

Dieta “anticortisol” controla o hormônio que acumula gordura: cardápio completo

Se você nunca ouviu falar do cortisol, certamente você já sentiu seus efeitos. O cortisol é conhecido como o “hormônio do estresse” – uma vez que está relacionado à resposta do corpo a situações que interpreta como ameaças. Quando acima dos níveis normais, o cortisol favorece o acúmulo de gordura, principalmente na barriga.

Acúmulo de gordura causado pelo cortisol

Conforme endocrinologista Dra. Maria Edna de Melo, diretora da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica, embora seja um hormônio relacionado ao processamento de substâncias, o cortisol tem uma importante ação adipogênica – o que significa que ele favorece o acúmulo de gordura – e uma provável ação no sistema nervoso central, aumentando o apetite.

Dieta "anticortisol" controla o hormônio que acumula gordura: cardápio completo
Dieta “anticortisol” controla o hormônio que acumula gordura: cardápio completo

Além disso, o cortisol ajuda na perda de massa muscular gerando consequências metabólicas como aumento da resistência à insulina e dos níveis de açúcar no sangue, hipertensão, risco aumentado para o desenvolvimento da osteoporose e imunodepressão.

Dieta anticortisol

Pensando na influência que o cortisol possui em termos de ganho de peso e de gordura – caso esteja desregulado – a nutricionista Clarissa Fujiwara elaborou um cardápio que ajuda a manter os níveis do hormônio equilibrados.

Cardápio de dieta

Café da manhã

  • 1 copo de iogurte natural desnatado
  • ½ xícara de chá de frutas vermelhas congeladas (framboesa, morango e amora) ou 4 col. (sopa) de abacate ou ½ mamão papaia
  • Panqueca preparada com 2 col. (sopa) de aveia em flocos + 1 ovo
  • 1 col. (sopa) de queijo cottage ou creme de ricota

 

Lanche da manhã

  • 1 xíc. (café) de mix de nuts (castanhas, amêndoas e nozes, semente de girassol)

Almoço

  • 1 prato de sobremesa de alface, repolho roxo, rabanete e palitinhos de pepino e palmito
  • 1 xícara (chá) de brócolis e couve-flor cozidos no vapor
  • 2 col. (sopa) de grão-de-bico
  • 1 filé (médio) de peito de frango assado ao molho de laranja

Lanche da tarde

  • 2 tâmaras

Jantar

  • 1 prato de sobremesa de rúcula, alface roxa, salsão e acelga
  • 4 col. (sopa) de abobrinha cozida, berinjela grelhada e cogumelos
  • 1 posta (média) de salmão com crosta de gergelim OU 1 filé (grande) de sardinha cozido na pressão

Ceia

  • 2 damascos secos

Observações:

  • Beber água, fracionadamente no intervalo entre refeições.
  • Para adoçar as bebidas, se necessário, optar pelos edulcorantes (adoçantes) sucralose ou estévia, o mínimo possível.
  • Evitar a adição de açúcar.
  • Nas saladas do almoço e jantar, evitar a adição de sal.
  • Acrescentar 1 col. (sobremesa) de azeite de oliva extravirgem com vinagre, aceto balsâmico ou limão.

 

Fonte: Vix

Um comentário

  1. Gostei muito do post e recomento a leitura às todos deste artigo pois com certeza será de grande valia…

  2. Gostei muito do post e recomento a leitura a todos pois com certeza vai ser de grande ajuda…

    Dolglas alencar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Minha ContaMinha Conta
0