Barriga fica mais inchada no verão: saiba o que comer ou evitar para fugir do efeito

Barriga fica mais inchada no verão: saiba o que comer ou evitar para fugir do efeito -

Sentir desconforto, peso na região abdominal e inchaço mesmo sem ter exagerado nas refeições é algo comum e que pode ocorrer por diversos fatores, como excesso de sal na alimentação, desidratação, constipação e até mesmo ciclo menstrual.

No verão o sintoma costuma aparecer com ainda mais frequência e saber quais alimentos evitar ou consumir ajuda a aliviar o efeito provocado por acúmulo de gases ou retenção de líquidos.

Alimentos que deixam a barriga inchada

Fonte de conservantes, corantes e sódio, compostos que demoram a serem absorvidos pelo organismo, os alimentos industrializados contribuem para a retenção de líquidos e para o intestino preso.

barriga-fica-mais-inchada-no-verao-saiba-o-que-comer-ou-evitar-para-fugir-do-efeito

Além da grande quantidade de sódio, o gás do refrigerante contribui para a sensação de barriga estufada, sem falar que a bebida é fonte de calorias vazias que só prejudicam a saúde.

Bebidas alcoólicas reduzem a capacidade de absorção de água pelos rins, o que aumenta a sensação de inchaço.

Alimentos fritos retardam todo o processo de absorção e dificultam a eliminação de toxinas pelo fígado, além de atrapalharem a absorção e eliminação de água pelo organismo.

Caldo de carne em tablete pode ser prático, mas também é rico em sódio e, portanto, um dos alimentos que mais provoca o inchaço e retenção de líquido quando consumido em excesso.

Embutidos, como salsichas e carnes processadas, também devem ser evitados por conter grande concentração de sódio e atrapalhar a liberação de toxinas.

Quem pretende evitar inchaço e gases ainda deve consumir feijão e leguminosas com moderação, especialmente no período noturno.

Apesar de saudáveis, maçãs podem ser difíceis de serem digeridas por causa das altas quantidades de frutose. Quando o organismo quebra as moléculas na digestão, esse processo pode causar gases.

Alimentos que aliviam o inchaço da barriga

Farelo de aveia diminui a absorção de gorduras pelo organismo, além de ser um alimento rico em fibras, que que regulam a flora intestinal e favorecem a eliminação de toxinas.

Rico em clorofila, o kiwi limpa e desintoxica o organismo e, por também ser fonte de sais minerais e fibras, regulam o intestino e reduzem o inchaço da barriga.

Abacaxi é conhecido por melhorar a digestão, graças à bromelina, substância capaz de auxiliar o corpo no processamento de alimentos ricos em proteínas.

Couve é boa fonte de fibras, que estimula a digestão e prolonga a sensação de saciedade. Além disso, o alimento ainda tem grande quantidade de clorofila, que ajuda a desintoxicar o organismo.

Alface é composto por uma combinação de clorofila e flavonoides capaz de diminuir a retenção de líquidos e, consequentemente, combater o inchaço abdominal.

Você já sabe que se manter hidratada ajuda a emagrecer e é essencial para evitar o inchaço. Adicionar limão, que é um diurético natural, à água faz com que o processo de desintoxicação do corpo ocorra de forma ainda mais acelerada.

Digestivo, diurético e pouco calórico, o aspargo ajuda a combater o inchaço do corpo ao eliminar toxinas e não pesa no estômago.

Além de ter efeito calmante, controlar gases intestinais e ajudar na digestão, o chá de capim cidreira é um diurético natural que elimina a retenção de líquidos e ainda melhora a qualidade do sono.

Consumir meio abacate, especialmente à noite, também pode combater o inchaço graças à sua quantidade de gorduras boas.

Mamão já é conhecido por seu poderoso efeito sobre a digestão, fator que evita a constipação e ajuda a fazer com que você sinta menos inchaço.

Apostar em iogurte grego light como lanchinho também colabora para o funcionamento do trato digestivo e, portanto, ajuda a desinchar.

 

Fonte: Vix

Um comentário sobre “Barriga fica mais inchada no verão: saiba o que comer ou evitar para fugir do efeito

  1. Gostei! Explicaçao clara e coerente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.