5 pessoas para se manter bem longe na sua gravidez

5 pessoas para se manter bem longe na sua gravidez -

A gravidez é uma das mais mágicas e bonitas fases da vida de uma mulher. Porém, ao mesmo tempo, são os meses em que ela está mais vulnerável ​​do que nunca e absolutamente tudo tem um impacto maior sobre suas emoções. Assim sendo, qualquer comentário infeliz talvez possa afetar a grávida e causar uma grande angústia durante o período de gestação que precisa ser o mais tranquilo possível para mãe e bebê. Então, se você quer evitar que isso aconteça com frequência, é melhor ficar longe desses tipos de pessoas:

Pessoas para gestante evitar a companhia

1. As mulheres com más experiências

5 pessoas para se manter bem longe na sua gravidez -

Neste momento, a última coisa que você precisa é de uma mãe que te assuste e diga o quão ruim e dolorosa foi sua experiência ao dar à luz. A realidade é que o parto pode causar dor, mas você não precisa de ninguém te adiante isso já que você o viverá por si mesma. Além disso, a tolerância à dor de cada mulher é diferente. Então, se uma amiga, prima ou desconhecida tentar dizer como foi ruim foi sua hora, é melhor você não ouvir porque sem nenhuma intenção de fazê-lo, você irá remover parte do prazer deste momento em você não deve ter preocupações.

2. Os médicos que não ajudam em nada

Ao escolher um ginecologista é recomendável que você verifique se ele pode te apoiar durante estes nove meses. Mesmo que as circunstâncias não sejam as melhores por causa das condições de idade ou de saúde, você só precisa de palavras de encorajamento agora. De nada irá servir lembrá-la que o seu parto pode ser mais difícil ou doloroso do que os outros. Se o seu ginecologista transmite insegurança e preocupação a você, é melhor considerar trocar por outro ou confiar plenamente que tudo vai ficar bem.

3. Uma amiga que não lhe dá segurança

Sua amiga é adorável e você a aprecia muito, mas quando se trata de uma questão pessoal, como sua gravidez, talvez ela não seja a melhor pessoa a quem recorrer. Especialmente, porque vocês têm opiniões diferentes sobre como você escolhe viver sua experiência. Talvez ela não esteja de acordo com o tipo de parto que você resolveu optar e sua opinião, neste momento, não vai ajudar.

4. Sua sogra medrosa

Em alguns casos, o medo não é tão grande na futura mãe, mas sobretudo naqueles ao seu redor. As sogras são, por exemplo, aquelas que mais se preocupam com a gravidez e em como a mãe vai se cuidar o suficiente. E, às vezes, pode ser difícil lidar com uma sogra extremamente preocupada que não faz mais nada que simplesmente transmitir inseguranças e medos. Pode ser difícil informá-la de que seus comentários não ajudam muito, mas se você tenta fazê-lo sutilmente ou fala com seu parceiro, certamente, ela vai entender.

5. Pessoas que invejam sua gravidez

Embora soe estranho, ciúme e inveja entre as mulheres que tentam engravidar são comuns. Especialmente, aquelas que não conseguem conceber podem fazer você se sentir mal ou culpada por estar grávida. Durante esses nove meses você tem o direito de escolher quem você quer do seu lado e que seria melhor ficar longe. É importante viver livre dos comentários tóxicos ou energia negativa, porque você pode sentir um impacto direto sobre o bebê e seu bem-estar.

 

Fonte: Vix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.