8 dicas de moda para quem chegou aos 30 e quer ficar mais estilosa

8 dicas de moda para quem chegou aos 30 e quer ficar mais estilosa

Arriscar um pouco, investir em algumas peças atemporais e experimentar sem correr muitos riscos: esse é o modo de obter a aparência perfeita aos 30. Primeiro de tudo, você já deveria saber que os 30 anos são os novos 20. Só há vantagens: esse é o momento em que você conhecer melhor a si mesma, você já sabe o que combina com você e o que não cai bem e, acima de tudo, não tem medo de usar certas misturas estéticas. É hora de aproveitar tendências e sutilmente deixar para trás seus vinte anos, para desfrutar de uma série de truques com versões 3.0. Conheça alguns:

8 dicas de moda para quem chegou aos 30 e quer ficar mais estilosa

Conselhos de estilo para os 30 anos
1. Vestir (quase) tudo preto
Talvez quando você tinha vinte anos, o look preto só lhe interessou, basicamente, quando precisava se vestir para ocasiões especiais, à noite. Mas quando você ultrapassa a fronteira dos 30, percebe que o preto é infinito no sentido mais amplo da palavra: você pode usá-lo à noite, é claro, mas também pode optar por ele em plena luz do dia e até mesmo no verão. Sempre. É confortável, elegante, infalível e, acima de tudo, é moderno.

2. Assaltar, ocasionalmente, o guarda-roupa masculino
Quase tudo vale: de camisas com gola aos blazers, passando por suéteres com ar colegial e casacos de corte inglês. Qualquer peça do vestuário masculino é suscetível de ser mesclada de uma forma mais feminina e até mesmo romântica. Tudo depende das outras peças que compõem esse look particular.

3. Investir em uma roupa especial e com grande carisma
Aos trinta anos, fazer compras não é um exercício de rentabilidade, mas de eternidade. Há roupas que, mesmo que você não use muito (ou quase nada), elas nunca saem de moda e serão capazes de levantar seu visual dos 30 aos 50.

4. Ter pelo menos uma camiseta listrada
Existem muitas peças que estão muito perto de serem perfeitas e a camisa listrada é definitivamente uma deles. Mas, se durante os vinte ela é nada mais do que uma peça de roupa fácil que você usa no verão com shorts jeans e alpargatas, quando você chega aos 30, as possibilidades são estendidas de forma quantitativa e qualitativa: você pode usá-la no inverno com um par de calças masculinas e couro, misturá-la com jóias super chamativas em uma produção hi-lo, ou combinar com uma saia lápis de tecido delicado. As possibilidades são infinitas.

5. Misturar estampas (de forma controlada ou não)
Com os 30, também é chegada a hora de experimentar e assumir riscos. Não de graça, mas pelo puro prazer de exibir que essa segurança em si mesma você ganhou ao longo dos anos. Os limites? São os que deseja. Há misturas excêntricas, mas que sempre funcionam, como leopardo com listras, mas há outras muito mais chamativas e ousadas como flores com grafismos, geométricas com arty.

6. Compor com peças de alfaiataria
Aos 20 anos, é bastante provável que você nunca tenha considerado investir em um bom blazer, mas aos 30, esta peça de vestuário clássico de repente se torna a chave para muitos de seus looks.

7. Ter um pouco de print leopardo
Alguns dizem que um sinal de que você fica mais velha é que você começa a ver o lado interessante da estampa de leopardo. Errado. O print animal, apesar de ser um estampado por vezes complicado, é uma fonte inesgotável de inspiração em qualquer idade.

8. Comprar uns sapatos icônicos
Infelizmente, aos 30 anos, não vale mais a pena comprar sapatos de couro sintético. E, embora o conselho de investir em acessórios de bons materiais seja muito amplo e, acima de tudo, nem sempre inacessíveis, é hora de ter seu par de ícones eternos: Slingback, da Chanel; Rockstud, da Valentino; Pigalle, Christian Louboutin; Tribute, de Saint Laurent.

 

Fonte: Vix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.