Quem deve ou não usar máscara para prevenir a disseminação do coronavírus?

Quem deve ou não usar máscara para prevenir a disseminação do coronavírus?

Antes mesmo de a propagação do COVID-19 ser considerada uma pandemia, não era raro ver pessoas circulando pelas ruas usando máscaras cirúrgicas buscando prevenir a transmissão do novo coronavírus – mas esta não é uma orientação que os órgãos de saúde têm feito, e apenas alguns grupos de pessoas devem fazer uso deste item.

Máscara contra o coronavírus: usar ou não?

Ainda que muita gente esteja com medo de contrair a doença causada pelo novo tipo de coronavírus descoberto na China no final de 2019, a Organização Mundial da Saúde (OMS) manteve a mesma orientação sobre o uso de máscaras após a situação ser classificada como uma pandemia: ela não deve ser usada levianamente.

ilustracao pessoas mascara saude 0320 1400x800

De acordo com informações do site da OMS, o uso de máscara contra o coronavírus é indicado apenas para dois grupos:

  1. pessoas que estejam com sintomas comuns de COVID-19 (especialmente tosse e espirros, duas manifestações responsáveis pela transmissão) e
  2. pessoas que estão em contato ou cuidando de um paciente com COVID-19

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, esta orientação existe porque a finalidade principal das máscaras é a de bloquear partículas expelidas por quem está tossindo ou espirrando, reduzindo os riscos de transmissão, e não necessariamente impedir que se inale estas partículas. Por isso, é imprescindível o uso delas por quem está, de fato, doente.

espirro tosse virus 0220 1400x800

Se uma pessoa saudável usar a máscara e um paciente infectado tossir ou espirrar ao seu lado, ainda assim é possível que as gotículas infectadas se depositem em roupas e acessórios pessoais e contaminem o corpo mais tarde. Porém, se o doente usar a máscara perto de pessoas saudáveis, suas secreções serão contidas pelo item, evitando a disseminação do vírus.

Além disso, a Secretaria afirma também que usar as máscaras cirúrgicas como forma de prevenção sem estar apresentando sintomas dá uma falsa sensação de segurança que pode levar as pessoas a negligenciarem medidas importantes, como lavar corretamente as mãos e fazer isso com uma frequência adequada.

Falta de máscaras

A OMS, inclusive, explica que esta é uma orientação muito importante para assegurar um desenrolar positivo para a situação. Segundo eles, devido ao pânico e à falta de informação, o mundo todo já está enfrentando uma escassez de máscaras descartáveis – algo que pode comprometer profissionais da saúde e pessoas que realmente precisem fazer uso do item.

mascara coronavirus prevencao 0220 1400x800

Para quem de fato precisa utilizá-las, o órgão lembra que o item só pode ser usado uma vez e não surte o efeito desejado de proteção contra o coronavírus se seu uso não for combinado a bons hábitos de higiene como lavar devidamente as mãos, limpá-las com soluções à base de álcool e evitar tocar a boca, o nariz, os olhos e o rosto de maneira geral antes de desinfectá-las.

coronavirus 0320 1400x800

Fonte: VIX

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.