Como fazer mercado de forma segura: da ida até a hora de guardar as compras

Como fazer mercado de forma segura: da ida até a hora de guardar as compras

Mesmo durante a quarentena pela pandemia de COVID-19, é esperado que as pessoas precisem ir ao supermercado – e, nessa hora, é necessário tomar alguns cuidados tanto ao fazer as compras quanto ao guardá-las em casa para minimizar as chances de contágio pelo vírus, que pode estar presente na superfície dos produtos.

Coronavírus: cuidados com as compras

Antes de sair de casa

Em entrevista ao VIX, a nutricionista Julia Abreu de Mello explicou que, em primeiro lugar, o ideal é montar uma lista de compras para se organizar e passar o mínimo de tempo possível fora de casa. “Aí você não fica enrolando muito lá, não fica pegando em um alimento, depois em outro… Já faz suas coisas e vai embora”, explica a especialista.

Além disso, ela também indica levar consigo sacolas ecológicas para colocar os produtos tanto durante as compras quanto após passar no caixa. Desta forma, evita-se o contato com o carrinho de compras ou a cesta, bem como com as sacolinhas plásticas do estabelecimento.

sacola compras mercado 0320 1400x800

No supermercado

Em primeiro lugar, é preciso lembrar das orientações dos órgãos de saúde sobre o distanciamento social. No supermercado, o ideal é manter distância das outras pessoas ao circular e também na fila do caixa, cobrir o rosto com o braço ao tossir ou espirrar, usar máscara cirúrgica caso esteja com sintomas de gripe e não levar as mãos ao rosto após tocar em superfícies diversas.

Para evitar o contato com cédulas de dinheiro, que passam de mão em mão, é uma boa ideia pagar a compra com cartão de crédito.

Outro cuidado interessante é eleger uma única pessoa da família, preferencialmente que não esteja com sintomas de gripe, para fazer as compras para todos, planejando um cronograma que minimize a necessidade de idas constantes ao mercado, porém sem estocar grandes quantidades de produtos desnecessariamente para não provocar desabastecimento.

lista supermercado compras 0719 1400x800 0

Em casa, após as compras

Segundo a nutricionista, o primeiro passo é separar a sacola ecológica para desinfetá-la com álcool 70%. O mesmo deve ser feito com outras embalagens, como as plásticas, de papelão, etc.

Os alimentos também devem passar por desinfecção, o que Julia indica fazer com água sanitária. “Nada de buchinha de louça, porque a gente pode passar o detergente pro alimento”, afirma, indicando que a quantidade é, em média, uma colher de sopa do produto de limpeza para cada litro de água.

“Coloco o alimento dentro de um litro de água para uma colher de sopa de água sanitária. Deixo lá por dez minutos e depois coloco em água corrente”, afirma a nutricionista. Esta orientação, no caso, serve para alimentos frescos, enquanto embalagens (como potes e caixas) deve ser desinfetadas da mesma forma que a sacola.

Após desinfetar as compras, também é necessário lavar bem as mãos, e só então começar a guardar tudo em seu devido lugar.

higienizacao lavar legumes verduras 0320 1400x800

Alimentos transmitem coronavírus?

Segundo autoridades em saúde, o único risco de um alimento “transmitir” COVID-19 é em uma situação, por exemplo, de uma pessoa ter tossido sobre ele no mercado. Assim, o vírus fica na superfície e, caso alguém toque o alimento e toque o rosto em seguida, é possível haver contágio (por isso a higienização ao chegar em casa).

O alimento em si, no entanto, não representa riscos; de acordo com a European Food Safety Authority (Efsa, órgão europeu ligado à segurança alimentar), a partir de estudos acerca de outros coronavírus, não foram encontradas evidências de que o vírus seja contraído através da ingestão de alimentos, já que o contágio ocorre pelas vias respiratórias.

coronavirus covid 19 ilustracion vision microscopica contagio 23321

Fonte: VIX

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.