Alergia a kiwi e banana é cada vez mais comum: médico explica a curiosa razão

Alergia a kiwi e banana é cada vez mais comum: médico explica a curiosa razão

Como pode alguém que nunca teve reação alérgica a frutas sofrer um choque anafilático após comer banana ou kiwi? Pode parecer bizarro, mas a explicação está na borracha. O médico Marcelo Aun, diretor da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), esclarece: a origem deste distúrbio ao ingerir as frutas pode estar ligada à alergia ao látex.

Alergia: reação cruzada

A mesma substância causadora da alergia ao látex está presente também em frutas como banana e kiwi. É uma proteína de defesa expelida pelas árvores durante a extração da borracha.

Por isso, após reagir pela primeira vez a esta substância, uma pessoa alérgica ao látex pode ficar sensível também às frutas. Trata-se de um fenômeno conhecido como reação cruzada.

latex seringueira borracha 0619 1400x800

“Tenho paciente que apresentou reação ao encher uma bexiga e, tempos depois, ao comer uma banana, teve reação grave. O paciente jura que nunca teve reação à banana e não entende por que aconteceu. É a presença de antígenos que estavam presentes no látex e também na fruta”, esclarece o médico.

Como identificar uma crise alérgica?

Seja no contato direto com o látex ou após o consumo das frutas, a primeira reação é o inchaço imediato, seguido de tosse, coceira, falta de ar, vermelhidão no rosto e desmaio. Uma crise como esta pode causar choque anafilático se não for tratada a tempo.

Quem for alérgico ao látex, portanto, deve evitar comer certas frutas. “Depois de diagnosticado, esse paciente deverá ter alguns cuidados importantes até no momento de tomar uma vacina, por exemplo, já que a enfermeira usa sempre a luva feita de látex”, alerta o Dr. Marcelo Aun.

Fonte: VIX

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.