Manchinhas brancas na pele: dicas para evitar e tratar o “efeito salaminho”

Manchinhas brancas na pele: dicas para evitar e tratar o "efeito salaminho" -

Mesmo sem indicar um problema grave ou mesmo provocar dores, pequenas manchinhas brancas que aparecem na pele costumam incomodar mulheres por surgirem aparentemente no nada e, geralmente, após os 30 anos. A leucodermia solar, ou “efeito salaminho”, como é popularmente conhecida, pode ser evitada e também tratada.

01

As manchas pontuais que normalmente surgem em áreas onde a exposição ao sol é maior, como mãos, braços, pernas e colo. Elas nada mais são do que lesões relacionadas à exposição solar intensa ao longo da vida.

A melhor forma de prevenção contra manchinhas brancas na pele ainda é o uso diário de protetor solar. O simples hábito minimiza os efeitos do sol e consegue manter distante o incômodo estético.

Quem já sofre com o problema, pode apostar em ácidos e peeling, mas os procedimentos não são completamente eficazes, especialmente em mulheres com pele escura, que geralmente observam apenas uma leve melhora no aspecto.

Tratamentos com lasers também podem ser realizados, de acordo com o caso, mas, por serem caros e cobrados por sessão, pode pesar no bolso se a pele estiver muito comprometida. Em qualquer um dos métodos, que devem ser indicados por um dermatologista, a recomendação é manter distância do sol durante todo o processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.