6 dicas infalíveis para andar de salto alto

6 dicas infalíveis para andar de salto alto -

Andar de salto alto pode ser bem complicado, principalmente para quem está iniciando. Mas você não precisa se preocupar, existem truques que podem ajudar você a aproveitar ao máximo esse inconfundível e incrível sapato.

Dicas rápidas e práticas que vão ajudar você a não cair do salto, literalmente…

Confira agora 6 dicas incríveis para andar de salto alto.

‘Sticks’ e ‘sprays’ antifricção

Aplicar o produto nas áreas mais problemáticas (como o calcanhar e dedos) antes de colocar os saltos, evitarão que o atrito ocorra. Esses produtos específicos criam uma película protetora invisível na pele, impedindo que o material do calçado se esfregue diretamente.

No congelador

Encha com água dois pequenos sacos de plástico, coloque-os dentro dos sapatos e guarde-os no congelador. O tamanho dos sacos aumentará quando a água se solidificar e os sapatos cederão. Além disso, ao colocá-los, sua forma irá adaptando-se à do seu pé (com o plus do efeito frio para melhorar a circulação). Outra forma é substituir os sacos de água por papel jornal.

Almofadas e palmilhas

Não faz mal estofar suas pisadas! Para isso, existem palmilhas de silicone e almofadas que são colocadas na frente do sapato (embora também existam para o calcanhar ou para todo o pé), elas aliviam a pressão exercida nesta zona, ajudando a distribuir o peso do corpo.

Aposte nas plataformas

Se você não domina o stiletto, é melhor optar por modelos plataforma na frente, pois estes ajudam a melhorar a altura e suportar o equilíbrio.

dicas andar de salto alto

Escolhendo modelos de altura média

Ao invés de se empenhar em calçar um salto de 13 centímetros, que tal optar por uma altura menor? A dor diminuirá proporcionalmente à diminuição da curvatura a que se submete o pé.

O número exato

É fundamental escolher o número certo ao comprar qualquer tipo de calçado, mas a tarefa torna-se imperativa quando se trata de modelos de salto alto. Se o sapato ficar um pouco grande, o pé deslizará para a frente, causando pressão e dor nos dedos dos pés (com bolhas inclusive). No caso das sandálias de salto, é conveniente que elas tenham algum tipo de fixação (por exemplo, pulseira no tornozelo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.