Compare a paçoca com o pé de moleque

Compare a paçoca com o pé de moleque

Esses doces são presenças garantidas nas barracas de festa junina. Avalie o conteúdo nutricional de ambos

Uma grande dúvida costuma pairar sobre a cabeça daqueles que visitam as festas juninas: o que comer? Entre as opções, estão duas receitas feitas basicamente com açúcar e amendoim, ou seja, a paçoca e o pé de moleque – este, por sua vez, pode ter acréscimo de mel, achocolatado, leite condensado e manteiga. A verdade é que ambos possuem alta concentração de gorduras e calorias. Por isso, o ideal é consumir apenas uma unidade.

Compare a paçoca com o pé de moleque

Na lista de pontos positivos está o fato de os dois doces oferecerem proteínas e fibras. Nesses quesitos, a paçoca até leva ligeira vantagem (mas é bom lembrar que há pessoas intolerantes ou alérgicas ao amendoim). O melhor, então, seria ficar com o milho, a pipoca sem sal ou a batata-doce, itens saudáveis e igualmente deliciosos.

Confira, abaixo, mais detalhes sobre a composição da paçoca e do pé de moleque. Os valores se referem a 100 gramas dos alimentos.

1. Energia

Paçoca – 487 cal 
Pé de moleque – 503 cal

2. Proteínas

Paçoca – 16 g 
Pé de moleque – 13,2 g

3. Gorduras

Paçoca – 26,1 g 
Pé de moleque – 28 g

4. Carboidratos

Paçoca – 52,4 g 
Pé de moleque – 54,7 g

5. Fibras

Paçoca – 7,3 g 
Pé de moleque – 3,4 g

6. Sódio

Pé de moleque – 16 mg 
Paçoca – 167 mg

Placar SAÚDE

Paçoca 5 X 1 Pé de moleque

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.