Por que é normal que as mulheres se sintam cada dia mais infelizes (e o que fazer)

Por que é normal que as mulheres se sintam cada dia mais infelizes (e o que fazer) -

A almejada felicidade move muitas das nossas escolhas, mas por quê parece que as mulheres estão sempre um passo atrás dessa sensação? Em um momento em que o feminismo e a busca das mulheres pelo protagonismo de suas próprias vidas estão cada vez mais em destaque, a autora do livro “Felicidade feminina: uma escolha possível com práticas da psicologia positiva”, Renata Abreu, aponta hipóteses possíveis para a dificuldade que as mulheres têm de encontrar a felicidade e as realizações em diferentes aspectos da vida.

Dilema da mulher moderna
De acordo com a autora, a igualdade de direitos trouxe mais oportunidade e liberdade para as mulheres. Contudo, observa-se que o grande dilema da mulher contemporânea é a multiplicidade de tarefas e responsabilidades nas suas costas e como exercê-las. Por muitos anos as mulheres foram ensinadas a buscar a perfeição. Essa auto cobrança ainda existe e, muitas vezes, fazem das mulheres juízas implacáveis de suas próprias vidas.

Por que é normal que as mulheres se sintam cada dia mais infelizes (e o que fazer) -

O que te faz infeliz?
Desconhecer o corpo
Muitas mulheres não sabem como os hormônios podem estar influenciando a estrutura dos pensamentos. Perceber as manifestações hormonais do seu corpo é saber mais de si e conseguir administrar situações com mais controle.

Falta de reconhecimento
A desigualdade salarial entre homens e mulheres ainda é uma realidade bastante presente. Ainda que desempenhem funções semelhantes, a mulheres têm menor probabilidade de ocupar cargos de liderança e sofrem com salários menores do que homens.

Busca por perfeição
A busca pela perfeição entre as mulheres da modernidade é a falsa sensação de que se pode abraçar o mundo e atender a todas as suas demandas com primazia. Assim, ao não conseguirem dar conta de tudo, as mulheres têm a sensação de sempre estarem falhando.

Sucesso a todo custo
O cultivo da positividade estimula nossa eficiência, resiliência e produtividade, mas é fundamental traçar limites. Nem tudo fala o esforço mental e físico que pede.

O aumento do estresse
A prevalência da depressão nas mulheres tem caráter genético e hormonal, mas também está ligada ao maior envolvimento emocional que acontece com elas e com pessoas a sua volta.

Beleza impossível
Estudos apontam que a vergonha com o próprio corpo pode estar tão enraizada na psique que gera vergonha e complicações em outras áreas da vida, como sexualidade, maternidade e até mesmo na habilidade da mulher de falar e se posicionar com autoconfiança. Há pesquisas de psicologia positiva que mostram que a beleza não tem correlação com a felicidade. Pessoas felizes são mais prováveis de perceberem tudo a sua volta de forma mais positiva e otimista, incluindo aí a própria aparência.

 

Fonte: Vix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.