Mãe toma atitude extrema contra vizinhos que se intrometem na criação dos seus filhos

Mãe toma atitude extrema contra vizinhos que se intrometem na criação dos seus filhos -

Quem é mãe provavelmente já ouviu muitos comentários alheios sobre o que deve e o que não deve fazer com os filhos. Foi justamente para se proteger dos palpiteiros de plantão que uma técnica de enfermagem carioca resolveu tomar uma atitude um tanto quanto inusitada.

Faixa contra palpite dos vizinhos

Cansada dos pitacos dos vizinhos na criação de seus filhos, Patrícia Monkem usou o bom humor (e uma dose de ironia) para mandar um recado aos intrometidos. A carioca, de 38 anos, mãe de dois filhos, decidiu colocar uma faixa na fachada do prédio onde mora, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Mãe toma atitude extrema contra vizinhos que se intrometem na criação dos seus filhos -

“Prezados vizinhos, às vezes, parece que estou matando meu filho, quando, na verdade, eu só estou colocando soro no nariz, cortando a unha ou limpando o ouvido do meu bebê. Favor não ligar para o Conselho Tutelar”, diz um trecho da mensagem.

Ao final, Patrícia ainda faz uma sugestão divertida aos enxeridos: “Oferta especial: a cada cinco pacotes de fraldas ‘G’ ou ‘XG’, ganhe o direito de dar um palpite na criação do meu filho”, dispara.

Para compartilhar a atitude com os amigos, Patrícia gravou um vídeo do momento em que a faixa foi devidamente “inaugurada”. As imagens, divulgadas no YouTube, não demoraram a circular em redes sociais e grupos de mensagens no WhatsApp, e Patrícia ganhou o apoio de muitas mães que se identificaram com a situação.

Críticas dos vizinhos

A carioca, que é mãe de uma menina de 18 anos e um garoto de 2, contou ao jornal O Dia que já chegou a ser acusada de agredir a filha por conta da intromissão dos vizinhos. Agora, Patrícia diz que as críticas que mais ouve são a respeito do cabelo comprido do filho.

“As pessoas me param na rua para falar que eu devo cortar o cabelo dele. Outro dia uma senhora me disse que ele ia virar gay e minha resposta para ela foi categórica: ‘O importante é que ele tenha boa índole, né? Tem um monte de hétero sem caráter por aí'”, lembra.

Segundo ela, o cabelo do menino será cortado em breve para ser doado a crianças com câncer.

 

Fonte: Vix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.