Foto fazendo o sinal da paz pode fazer com que suas impressões digitais sejam roubadas

Foto fazendo o sinal da paz pode fazer com que suas impressões digitais sejam roubadas -

É preocupante o alerta feito por pesquisadores do Instituto Nacional de Informática do Japão (NII): é possível ter as informações sobre a sua vida roubadas a partir de uma foto ou selfie fazendo o sinal da paz.

Os técnicos do NII disseram que houve caso em que uma foto tirada a uma distância de três metros de uma câmera digital, com flash e iluminação forte, foi suficiente para roubar impressões digitais.

Isao Echizen, um dos pesquisadores, disse à France Press que não é necessário tecnologia sofisticada para roubar informações: qualquer indivíduo mal intencionado pode ter acesso aos dados pessoais (celular ou caixa eletrônico) forjando a digital da mão apenas com uma imagem.

Foto fazendo o sinal da paz pode fazer com que suas impressões digitais sejam roubadas -

Digitais das pessoas em risco

Em 2014, hackers do Chaos Computer Club mostraram como mal intencionados burlaram sensor biométrico a partir de uma imagem da ministra de defesa da Alemanha, Ursula von der Leyen

Eles utilizaram o software VeriFinger para dar um zoom significativo nos dedos da ministra e obter acesso ilegal a dados do governo alemão.

O método já foi usado, inclusive, pela polícia norte-americana, que conseguiu destravar um aparelho Samsung Galaxy S6 recriando os dedos de um homicida a partir de uma impressora 3D.

Película para proteger a digital
Isao Echizen disse que pretende prevenir os usuários desse perigo. Por isso, está desenvolvendo, junto a uma equipe, uma película protetora para os dedos ao usar o smartphone.

A ideia é utilizar material de óxido de titânio, o que permitiria desbloquear o aparelho e impedir que a digital seja coletada em fotos.

Entretanto, Echizen disse que deve demorar pelo menos dois anos para a tecnologia dessa película ficar pronta.

 

Fonte: Vix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.